Você está aqui: Home Mabe Cronologia Década de 20

Década de 20

Teatros e óperas lotados, cinematógrafos exibindo os filmes de Hollywood e mulheres livres de espartilhos, graças à estilista Coco Chanel, dançam vigorosamente o Charleston. George Gershwin hipnotiza o público; a literatura de James Joyce e Scott Fitzgerald divide a cena com as grandes inovações tecnológicas — eletricidade, rádio, cinema falado, modernização das fábricas. Charles Lindbergh cruza o Atlântico sozinho num avião. A escola Bauhaus abre suas portas, o art decó faz a arte construtivista ganhar espaço. Picasso, Miró e os surrealistas mostram suas obras e a Semana de 22, criada por intelectuais paulistanos, reúne artistas plásticos, escritores, arquitetos, compositores e intérpretes. Uma década de prosperidade e liberdade que começou embalada pela Era do Jazz termina com a histórica quebra da Bolsa de Nova Iorque.

 

Ano

Fatos ocorridos na vida do artista

Fatos ocorridos no Brasil e no mundo

 

 

 

1924

Nasce como primogênito de Soichi Mabe, em 14 de setembro, na aldeia de Shiranui, Província de Kumamoto, atualmente cidade de Shiranui. A família Mabe era tradicional dona de hospedaria destinada às pessoas que vinham de navio das localidades de Shimabara e Misumi. O pai trabalhava inicialmente como ferroviário e posteriormente como barbeiro. A mãe, Haru, era oriunda de uma tradicional família de agricultores.

O poeta francês André Breton lança, em outubro, o Manifesto do Surrealismo, marcando historicamente o nascimento do movimento que propunha a restauração dos sentimentos humanos e do instinto como ponto de partida para uma nova linguagem artística

1928
04 anos

 

Hirohito recebe, aos 27 anos, a coroa do Japão prometendo melhorar a condição moral e material de seus amados súditos e trabalhar pela paz mundial.